FAZENDA DO PARAIZO
FAZENDA DO PARAIZO
FAZENDA SANTA EUFRÁSIA
FAZENDA SANTA EUFRÁSIA
FAZENDA ALLIANÇA
FAZENDA ALLIANÇA
FAZENDA FLORENÇA
FAZENDA FLORENÇA
CENTRO HISTÓRICO DE VASSOURAS

VALE DO CAFÉ e suas Fazendas Históricas

De: R$1,565.00

A Região Turística do Vale do Café é um destino ideal para conhecer o Brasil Imperial. Visite as históricas Fazendas de Café e acrescente história, cultura e nostalgia à sua Experiência. Você vai se encantar com o patrimônio arquitetônico e histórico que esses lugares preservam. São senzalas, rodas d’água e engenhos, além das casas grandes com sua decoração impecável, remontando ao luxo em que viviam os grandes Barões do Café.

  • Reviews 0 Avaliações
    0/5
  • Tags Categorias
    Amigos, Casal, Cultura, Familia, Gastronomia, Vida Rural
  • Nível de Esforço Moderado
    3/8
  • Tamanho Grupo Médio
    Máx. 10 pessoas
REF: E-10 Categorias: , , , , ,
Tudo sobre a Experiência VALE DO CAFÉ e suas Fazendas Históricas.

A Região Turística do Vale do Café é um destino ideal para conhecer o Brasil Imperial. Visite as históricas Fazendas de Café e acrescente história, cultura e nostalgia à sua Experiência. Você vai se encantar com o patrimônio arquitetônico e histórico que esses lugares preservam. São senzalas, rodas d’água e engenhos, além das casas grandes com sua decoração impecável, remontando ao luxo em que viviam os grandes Barões do Café.

Nesta primeira experiência, visitaremos quatro pérolas da região de Vassouras, Rio das Flores e Barra do Piraí.

Antes, porém, faremos um passeio pelo belíssimo Centro Histórico de Vassouras com sua famosa Praça Barão de Campo Belo.

Após o almoço no Hotel Santa Amália, onde ficaremos hospedados, visitaremos a Fazenda Alliança Agroecológica em Barra do Piraí, datada de 1863 e construída pelo Barão do Rio Bonito, que era conhecido pela alta qualidade do café que produzia. Um belo conjunto arquitetônico, que traz a maior parte das características de uma fazenda produtora de café, neste caso o casarão, a tulha e o terreiro, muito bem preservados. Do conjunto, somente a senzala não resistiu por completo. A entrada ainda é guardada pelas famosas palmeiras imperiais. O pomar histórico, com suas árvores centenárias, servia de farmácia natural. Uma história muito rica acompanhada de um delicioso lanche colonial com produtos produzidos no local, que é hoje uma fazenda orgânica modelo certificada, pioneira na produção de leite orgânico de búfala e Plantas Alimentícias Não Convencionais (PANCs).

Na manhã seguinte visitaremos a Fazenda do Paraízo em Rio das Flores, onde uma alameda de palmeiras imperiais dão as boas-vindas aos nossos visitantes. A casa sede, erguida por Domingos Custódio Guimarães, conhecido como barão e depois Visconde do Rio Preto, entre 1845 e 1853, convida a todos para uma viagem no tempo, pois encontra-se inteiramente preservada, com suas pinturas artísticas originais e móveis que retratam o gosto pelo requinte. Tudo é original e demonstra a riqueza da época: do mobiliário francês e brasileiro, de qualidade, aos lustres de cristal, dos papéis de parede diferentes entre si, de acordo com o ambiente, às pinturas com motivos diversos nas paredes nunca restauradas. São 58 cômodos distribuídos em alas bem definidas e equipadas com o que havia de mais moderno para a época. O casarão foi o primeiro do Brasil a ter iluminação a gás de carbureto. Outros equipamentos e objetos, também considerados um avanço naqueles tempos, poderão ser conhecidos durante a visita à fazenda. A ala social é composta de dois curiosos cômodos a “sala das mulheres”, localizada na sacada, e a “sala dos homens”, onde se organizam as armas. A capela, situada dentro do casarão, compreendendo dois andares, transforma-se em uma agradável surpresa durante a visita. Era do segundo andar que a família e seus convidados assistiam à missa. Situado ao lado do casarão, o engenho ainda guarda o maquinário importado de Nova York, EUA, onde os grãos eram beneficiados dispensando a mão de obra escrava. Claro que tudo acompanhado de mais um delicioso lanche colonial.

Ainda em Rio das Flores, visitaremos a Florart Artesanato, a Associação de Artesãos de Manuel Duarte e Porto das Flores, que funciona em uma antiga estação de trem na divisa entre os estados do Rio de Janeiro e de Minas Gerais. Composta por 30 artesãos fluminenses e mineiros do Vale do Café, a Florart é Ponto de Cultura do Estado do Rio de Janeiro, com produtos expostos em edições da Casa Cor, no Rio de Janeiro, entre outras exposições.

A próxima parada será na Fazenda Florença, fundada pelo clã dos Teixeira Leite. Vindos de Minas Gerais, eles foram atraídos para o Vale do Paraíba pela riqueza do café no Século XIX. Os Barões de Itambé e de Vassouras foram considerados os membros de maior renome na família, que se afazendou por locais como Conservatória, Rio das Flores, Barra Mansa e Valença. A atual sede do casarão foi erguida em 1852 e nela destaca-se um imponente alpendre, de influência italiana, encimado por um frontão que é sustentado por colunas de madeira trabalhada. A construção foi feita em base de pedra e piso de peroba do campo e possui detalhes no estilo neoclássico. E foi essa atmosfera do Séc. XIX que inspirou a realização de saraus históricos, onde personagens caracterizados da época do Brasil Império, proporcionam aos hóspedes e visitantes, uma experiência inesquecível, através de interpretações e apresentações musicais. O cenário se completa com as estátuas, em papel machê e tamanho natural, do Imperador D. Pedro II e de sua esposa, a Imperatriz D. Teresa Cristina. No interior do casarão, os visitantes fazem uma surpreendente viagem pelo tempo em forma de objetos originais do século XIX, como bengalas, cartolas, porcelanas, entre outros. Para acompanhar, um delicioso almoço colonial.

A quarta joia do Vale que visitaremos será a Fazenda Santa Eufrásia em Vassouras, onde seremos recepcionados por uma autêntica Baronesa do Século XIX e nos deliciaremos com café, bolos e quitutes servidos em fina porcelana da época. É a única fazenda particular tombada pelo IPHAN no Vale do Café, é uma das construções históricas mais importantes da área. Seu acervo é composto por mobiliário e utensílios do século XIX autênticos. A casa sede da Fazenda Santa Eufrásia é circundada por um gramado e por vegetação exuberante, com árvores centenárias e um açude. Sua construção foi iniciada em 1830 pelo Comendador Ezequiel de Araújo Padilha e seu irmão Pedro Petras Padilha. Extravagante, Ezequiel adorava música e realizou grandes festas e saraus, além de importar gôndolas de Veneza, para românticos passeios no açude. A fazenda foi originalmente produtora de café. Em 1905, foi vendida ao Coronel Horácio Lemos, o bisavô de D. Beth, atual proprietária da fazenda, que queimou o cafezal, a fim de implantar em suas terras, a criação de gado bovino chegando a exportar carne para a Europa. Hoje a fazenda tem novamente um cafezal em produção e uma pequena loja de antiguidades.

Após o almoço no hotel, voltaremos para o Rio de Janeiro, cheios de histórias e experiências para contar!

 

OUTRAS INFORMAÇÕES

  • Serviços garantidos pelo Selo Turismo Consciente da Secretaria de Turismo do Rio de Janeiro e pelo Selo Turismo Responsável do Ministério do Turismo
  • Tamanho máximo do grupo: 10 pessoas
  • Idioma: português – outros idiomas mediante solicitação
  • A confirmação será recebida após o pagamento da reserva
  • Pagamento via Transferência Bancária, Cartão de Crédito ou PayPal.
  • 10% de Taxa de Serviço aplicada no check-out.
  • 5% de ISS aplicada no check-out.

 

PONTO DE ENCONTRO – SAÍDA E RETORNO

  • 08:00 da manhã. Favor chegar com pelo menos 10 minutos de antecedência
  • Quiosque Coisa de Carioca – Avenida Atlântica, Posto 4, Copacabana (em frente ao Hotel Pestana)
O que ESTÁ e o que NÃO ESTÁ incluído na Experiência
O que está incluído?Itens inclusos no preço do pacote.
  • Tour em van climatizada com motorista profissional
  • Guia de turismo em português
  • Passeio pelo Centro Histórico de Vassouras
  • Hospedagem no Hotel Santa Amália – 2 noites com café da manhã;
  • Visita guiada a Fazenda Alliança Agroecológica com lanche;
  • Visita guiada a Fazenda do Paraízo com lanche;
  • Visita guiada a Fazenda Florença com almoço;
  • Visita guiada a Fazenda Santa Eufrásia com lanche;
  • Visita a Florart Artesanato.
O que não está incluído?Itens não incluídos no preço do pacote.
  • Gorjetas (opcionais);
  • Serviços não incluídos no Programa.
  1. SEXTA RIO - VASSOURAS - BARRA DO PIRAÍ

    Partiremos às 08:00 da manhã em van climatizada com motorista profissional em direção ao município de Vassouras, na Região Turística do Vale do Café. Serão 120 km percorridos em aproximadamente 2 horas. Após o Check-in no Hotel Santa Amália, faremos um Tour à pé pelo Centro Histórico de Vassouras. Voltaremos ao Hotel para o almoço e depois faremos uma visita com lanche à Fazenda Alliança Agroecológica. À noite, um jantar no hotel.

  2. SÁBADO VASSOURAS - RIO DAS FLORES - CONSERVATÓRIA

    Após o Café da Manhã no Hotel, sairemos para conhecer a Fazenda do Paraízo em Rio das Flores. Na fazenda será servido um lanche colonial. Depois visitaremos a Florart Artesanato, uma cooperativa local de artesãos. Para completar o dia, visita com almoço na Fazenda Florença em Conservatória. À noite, um jantar no hotel.

  3. DOMINGO VASSOURAS - RIO DE JANEIRO

    No nosso último dia, após o café da manhã no hotel, visitaremos a Fazenda Santa Eufrásia onde será servido um delicioso café imperial. Voltaremos ao hotel para o almoço e o check-out. Volta para o Rio de Janeiro e fim de nossos serviços.